Nova Mata Nacional de Leiria

Projeto Nova Mata Nacional de LeiriaProjeto Nova Mata Nacional de Leiria

❖ ICNF - Instituto da Conservação da Natureza e Florestas

No dia 15 de outubro de 2017 a Mata Nacional de Leiria foi duramente atingida pelos incêndios florestais que originaram uma devastação em cerca de 80% da sua superfície.

O Instituto da Conservação da Natureza e Florestas, que gere a Mata sujeita ao Regime Florestal Total, desencadeou ações para mitigar os danos.

Entre outras foi apresentada uma candidatura ao PDR2020, no âmbito da operação de restabelecimento da floresta afetada por agentes bióticos e abióticos ou acontecimentos catastróficos, ao nível das explorações florestais, na tipologia de investimento da reflorestação das áreas afetadas. O objetivo principal: recuperar as áreas afetadas nas freguesias de Marinha Grande e Vieira de Leiria.

Como recuperar e reflorestar?

Com medidas que visam prevenir o alastramento de pragas, doenças, invasoras lenhosas e garantir a reflorestação dessas áreas.

As ações consistem no abate e destroçamento do material florestal afetado, na preparação de terreno e plantação de cerca de 1,6 milhões de plantas de pinheiros bravos; 42 mil plantas de pinheiro manso; 5 mil plantas de sobreiro e 4 mil plantas de medronheiro. Os povoamentos são puros ou mistos, conforme as condições especificas e preconizadas para cada local, onde não é expectável que surja regeneração natural de Pinheiro-bravo em quantidade suficiente para garantir o repovoamento florestal dessas unidades de gestão.

Esta operação abrange uma área total deaproximadamente 1.500 hectares, distribuída por 47 talhões, para os quais foram definidos 13 locais dei nvestimento, tendo em consideração a ocupação dos talhões à data da submissão da candidatura, o tipo de preparação de terreno e o tipo de povoamentos a instalar.

Com uma taxa de apoio de 70%, o investimento total elegível foi cerca de 2,2 milhões de euros.

Sónia Oliveira