Nova Floresta em Baldios de Folgosinho

Projeto Nova Floresta em Baldios de FolgosinhoProjeto Nova Floresta em Baldios de Folgosinho

O Conselho Diretivo do Baldio de Folgosinho, como apoio de PDR2020, desenvolveu dois projetos que resultam na maior área contígua arborizada, na região da Guarda. Localizados em Folgosinho, Gouveia, são dois projetos da medida deflorestação de terras não agrícolas, que representam um total de investimento de aproximadamente 694 mil euros com 590 mil euros de apoio.

O investimento consiste na instalação de povoamentos florestais em 292 hectares e inclui também a manutenção de rede viária em 10 km e a aquisição e instalação de cercas em 3 km.

Os projetos contemplam um prémio anual para garantir as operações silvícolas que viabilizam os povoamentos. A vigência do apoio é de 10 anos e representa um valor global de 326 mil euros.

Pinheiro silvestre domina o povoamento

O maior povoamento, mais de metade do total, é de pinheiro silvestre (Pinus sylvestris) (173 ha). As bétulas e o pinheiro bravo (Betula celtiberica e Pinus pinaster) são os segundos mais representativos, com 50 hectares e 45 hectares, respetivamente. Os povoamentos incluem ainda o pinheiro larício (Pinus nigra) (15ha) e o carvalho negral (Quercus pyrenaica) (11,5 ha).

O Baldio de Folgosinho, constituído pelos compartes recenseados na freguesia de Folgosinho, é promotor de vários outros projetos com apoio, desde quadros comunitários anteriores.

As áreas de intervenção estão submetidas ao Regime Florestal, sendo estas geridas em cogestão entre o ICNF,I.P. e o Conselho Diretivo do Baldio.

David Leitão e Paulo Morenito